Prorrogando as férias!

“E, havendo ele gastado tudo, houve naquela terra uma grande fome, e começou a padecer necessidades.” (Lucas 15.14).

O versículo de Lucas quinze, referente à Parábola do Filho Pródigo, onde Jesus relata a história emocionante de superação, de esperança, de restauração e arrependimento profundo, do filho mais novo de um homem, possivelmente agricultor, onde o mesmo pediu ao pai a parte de sua herança e ganhou a estrada e foi-se embora de casa, deixando seu genitor muito triste e preocupado.

É provável que ele tenha acompanhado com a vista o rapaz, até ele desaparecer na estrada, indo talvez curtir umas boas férias. Não tardou em ele ver que seu dinheiro havia acabado vindo em seguida a grande necessidade, pois, a terra onde ele estava atravessava forte crise de fome e ele não tinha nenhum recurso.

Chamo esse período de diversão e descontração de férias. A mesma não foi das melhores, pois ele gastou tudo que havia levado com as meretrizes, não guardou nenhuma moeda e muito menos poupou a quantia da sua volta. Estava agora cuidando de porcos e com muita fome.

Nos dias de hoje existem algumas pessoas, tidas e havidas como crentes em Jesus cristo, cuja situação de vida não difere muito do pródigo da parábola, pois, amam curtir férias da igreja que fazem parte, ou seja, onde congregam e até têm compromisso com a obra. Amam levar à vida desregrada, não obedecem a nenhuma norma e sempre se acham como os donos de suas próprias vidas, não respeitando a pessoa de Cristo e nem as autoridades por este constituídas. Estão sempre de férias, e quando aparecem, logo, logo somem de novo, prorrogando assim o período de laser novamente.

Essas pessoas que assim procedem, estão sempre arranjando desculpas para justificarem suas ausências da congregação, porém, é bom que saibam que ao Espírito Santo ninguém consegue burlar, nem enganar, porquanto, Ele tem o controle de nossos passos e sabe perfeitamente se estamos bem ou mal espiritualmente falando.

É muito bom para a saúde espiritual da igreja, quando cada crente em particular cumpre com suas obrigações e procura ser um cooperador de Cristo, lutando para que o Reino de Cristo cresça em todos os sentidos, para isso, todos precisam se unir para juntos realizarem uma grande obra para Deus, a começar pelos seus compromissos de fidelidade.

Há outros que, mesmo sabendo que precisam interromper este círculo de ausências contínuas, acabam prorrogando mais ainda o período e isso não é bom para o seu crescimento espiritual e nem para obra em particular.

Um conselho de pastor e de amigo: interrompa as suas férias das atividades eclesiásticas, se apresente ao seu pastor e recomece dando o melhor de você, e, te garanto que muitas coisas que não estão fluindo eficazmente em sua vida, irão, sem dúvida, se normalizar. Deus é fiel.

Veja o que a Bíblia orienta: “Não deixando a nossa congregação, como é costume de alguns, antes admoestando-nos uns aos outros; e tanto mais, quanto vedes que se vai aproximando aquele dia.” (Hebreus 10.25). Não prorrogue as suas férias…

Pr. Orcélio Amâncio

Pr. Orcélio Amâncio

José Orcélio de Almeida Amâncio é o atual pastor presidente da igreja Evangélica Assembleia de Deus, igreja do Novo Milênio, localizada no Núcleo Bandeirante, Brasília DF. O pastor Orcélio é formado em letras(português-hebraico) pela universidade Estadual do Rio de Janeiro, é Bacharel em teologia, realizou o curso na escola de preparação de obreiros evangélicos (EPOE), no Rio de Janeiro, onde foi coordenador do ensino por seis anos; também, possui o curso básico de teologia da FATAD, em Brasília, durante dez anos, lecionou ali a língua hebraica e variadas disciplinas teologicas. É pós-graduado em docência do ensino superior pela faculdade Albert Einstein (FALBE) de Brasília DF.

Comentários no Facebook