Stop, é hora de refletir! (continuação)

“Não se desvie para os seus caminhos o teu coração, e não andes perdido nas suas veredas.” (Provérbios 7.25).

Stop, é hora de refletir. José, filho de Jacó e Raquel, pensou rápido e não se entregou aos desejos da carne e nem aceitou deitar-se com a mulher de Potifá. Mesmo correndo risco de vida, pelas mentiras inventadas pela mulher imprudente, ele preferiu fugir: “E ela pegou pela sua veste, dizendo: deita-te comigo. E ele deixou a sua veste na mão dela, e fugiu, e saiu para fora.” (Gênesis 39.12).

A mulher de Potifá incriminou a José: “E aconteceu que, ouvindo o seu senhor as palavras de sua mulher, que lhe falava, dizendo: conforme estas mesmas palavras, me fez teu servo, a sua ira se acendeu. E o senhor de José o tomou e o entregou na casa do cárcere, no lugar onde os presos do rei estavam presos; assim, esteve ali na casa do cárcere. ” (Gênesis 39.19,20).

José soube dá o stop no momento certo e por isso tornou-se um vitorioso e o Senhor foi com ele.

Stop, é hora de refletir. Por três meses pensou e refletiu Joquebede sobre o futuro de seu filho, o qual nem nome recebeu. O decreto do rei do Egito, foi bem claro: “E o rei do Egito falou às parteiras das hebreias (das quais o nome de uma era Sifrá, e o nome da outra, Puá) e disse: quando ajudardes no parto as hebreias e as virdes sobre os assentos, se for filho, matai-o; mas, se for filha, então, viva (Êxodo 1.15,16).

Puá e Sifrá (em hebraico esplendor) temeram a Deus e descumpriram o edito de Faraó e não mataram o menino, filho de Anrão e Joquebede, quando nasceu, porém, a mãe do menino fez um stop e após betumar uma arca com betume e pez, a soltou as águas correntes do rio Nilo, salvando assim a criança, que mais tarde recebeu o nome de Moisés (em hebraico, tirado) pela filha de Faraó, por nome Hatshepsut.

Pr. Orcélio Amâncio

Pr. Orcélio Amâncio

José Orcélio de Almeida Amâncio é o atual pastor presidente da igreja Evangélica Assembleia de Deus, igreja do Novo Milênio, localizada no Núcleo Bandeirante, Brasília DF. O pastor Orcélio é formado em letras(português-hebraico) pela universidade Estadual do Rio de Janeiro, é Bacharel em teologia, realizou o curso na escola de preparação de obreiros evangélicos (EPOE), no Rio de Janeiro, onde foi coordenador do ensino por seis anos; também, possui o curso básico de teologia da FATAD, em Brasília, durante dez anos, lecionou ali a língua hebraica e variadas disciplinas teologicas. É pós-graduado em docência do ensino superior pela faculdade Albert Einstein (FALBE) de Brasília DF.

Comentários no Facebook