“Porém o meu servo Calebe, porquanto nele houve outro espírito e perseverou em seguir-me, eu o levarei à terra em que entrou, e a sua semente a possuirá em herança” (Números 14.24).

A passagem fala de um hebreu que se tornou exemplo para todas as gerações, Calebe, um dos escolhidos por Moisés para espiar a terra.

Calebe tinha um caráter nobre e tudo fazia para se manter fiel ao seu líder Moisés e ao seu Deus. Ele seguiu as orientações de Moisés e na volta de sua missão, ele e Josué procuraram confiar nas promessas que Deus fez a Abraão, e não desanimaram ao povo, como seus irmãos das outras tribos que olharam somente para as cidades fortificadas e para o porte físico e o preparo do povo de Canaã.

Ele foi um homem marcado pela honestidade e espírito varonil. Ele esperou quarenta e cinco anos pela a promessa de possuir a terra de Hebrom, dada por Moisés.

Ele foi um homem cheio de amor fraternal, não somente pelos seus irmãos, mas também pelos seus filhos e pelos seus líderes Moisés e Josué. Calebe jamais desprezou as promessas feitas por Deus ao seu povo, Israel. Ele creu na palavra do Senhor: “Então, Calebe fez calar o povo perante Moisés e disse: subamos animosamente e possuamo-la em herança; porque, certamente, prevaleceremos contra ela” (Nm 13.30).

É glorioso quando tomamos conhecimento de que Calebe, mesmo diante de tantas lutas e vozes contrárias a prosseguir avante, ele preferiu seguir ao Senhor: “Mas meus irmãos, que subiram comigo, fizeram derreter o coração do povo, eu, porém, perseverei em seguir o Senhor, meu Deus” (Josué 14.8).

Ele procurou testemunhar da fidelidade de Deus, não somente entre aqueles que tinham fé no Senhor, mas também entre os incrédulos e por causa dessa fidelidade pode com alegria entrar na terra de Canaã, prometida por Deus a Abraão, a Isaque e a Jacó.

Por causa dessa atitude de nobreza, de sua fé inabalável no Senhor e por suas firmes decisões de se manter ao lado de seu líder, seguir ao Senhor irrestritamente e demonstrar vigor para guerrear e possuir a terra que lhe fora dada, ele se destacou dos demais irmãos hebreus e hoje é um exemplo para todos nós.