“Mas faça-se tudo decentemente e com ordem” (1 Coríntios 14.40)

Todo cristão tem a oportunidade de trabalhar ao lado do Espírito Santo de modo que a Obra de Cristo, o Reino de Deus, tenha pleno crescimento e as pessoas alcançadas pelo Evangelho do Senhor Jesus tenha lugar predileto no coração todos aqueles que creem em Seu nome.

Este ano, a nossa igreja, Assembléia de Deus, Novo Milênio, está empenhada em buscar na evangelização a forma de trabalho ideal nos passada pela Igreja Primitiva, que foi admoestada por Paulo quando disse: “…É nossa obrigação pregar o Evangelho e ai de nós se não pregarmos” (1 Co 9.16).

Paulo, também é claro ao dizer: “…faça-se tudo decentemente e com ordem”; “…faça-se tudo para edificação” (1 Co 14.26). É de fato, grande privilégio para o crente em Jesus Cristo poder trabalhar para a expansão do Reino dos céus, porém, paira em quase todas as igrejas espalhadas por esse Brasil a fora, grande desânimo, má vontade para a pessoa se apresentar e fazer algo para a edificação do povo, da salvação de vidas e, também, quanto a edificação dos salvos em Cristo.

Os que se apresentam, geralmente, não conseguem dar continuidade aos seus trabalhos, por muito pouco se entristecem e acabam desaparecendo ou permanecendo na igreja, como meros expectadores, sentados e somente observando os cultos sem deles participarem ativamente. Outros há que poderiam fazer grande e maravilhosa obra para Cristo, pois são talentosos, profissionais de áreas específicas, bons crentes, todavia, não conseguem tempo para o Senhor, não entregam fielmente seus dízimos na casa do tesouro, não ofertam e nem contribuem para a manutenção do templo. Estes tais, não são dedicados à obra do Cordeiro. “A Seara é grande e poucos são os ceifeiros”.

É bom e gostoso fazer a obra, para a qual fomos chamados, de maneira voluntária, com disposição, garra, intrepidez, vigor físico e espiritual, sem olhar para trás e nem para os lados, de modo que o avanço seja natural e tendo a ajuda incondicional do Espírito Santo. É comovente ver alguém trabalhar para Deus, em Sua obra de forma descente, à luz das Escrituras, com ordem, tendo como propósito maior a edificação de vidas e também de sua família em particular.

Os crentes em Corínto eram inquietos, se adaptavam aos costumes gregos com facilidade, inclusive a idolatria; não havia ordem nos cultos e quando se reuniam faziam conforme os seus conhecimentos e não segundo a orientação apostólica ou paulina, de modo que não havia ordem durante os trabalhos; os crentes viviam numa balbúrdia nas reuniões: “E digo isto, e testifico no Senhor, para que não andeis mais como andam também os outros gentios, na vaidade da sua mente. Entenebrecidos no entendimento, separados da vida de Deus pela ignorância que há neles, pela dureza do seu coração; Os quais, havendo perdido todo o sentimento, se entregaram à dissolução, para com avidez cometerem toda a impureza.” (Ef 4.17-19).

Quer fazer alguma coisa para Deus? Saiba que deverá fazer com todo amor e zelo, com decência e ordem. Todo cristão deve viver dentro da ordem divina e praticá-la para o bem social da própria comunidade evangélica onde se congrega. Estamos iniciando o ano de 2018 e Deus conta com sua participação. Seu envolvimento no trabalho evangelístico será de grande valia para o crescimento do Reino de Deus. O Espírito Santo ficará muito satisfeito se você permitir que Ele te renove e de faça útil para ganhares muitas almas para Cristo.

Não devemos ser como os irmãos em Corínto que eram desordenados em tudo. Uma coisa boa eles tinham: a obediência quando eram ensinados e doutrinados, de modo que Deus concedeu a eles todos os dons espirituais. Não esqueça: Deus conta com você neste ano de 2018