“Todos eles são adúlteros; são semelhantes ao forno aceso pelo padeiro, que cessa de mexer nas brasas, depois que amassou a massa, até que seja levedada.” (Oséias 7.4).

Oséias recebeu ordem de se casar com uma mulher de prostituições e ser o pai de filhos de prostituição, mas nem por isso, ele permitiu que Satanás apagasse o fogo do Espírito Santo em sua vida.

Quando o homem de Deus tem uma vocação e uma chamada divina, e que não negligencia o seu ministério recebido do Senhor, então, ele pode dizer como disse Paulo: “Posso todas as coisas naquele que me fortalece” (Fp 4.13). É bom realizar o trabalho para Deus, porém, é preciso receber dEle uma unção especial, uma chamada específica, e não sair por ai dizendo que tem a Cristo e que este, o mando falar assim e assim. Quem diz que somos ou não homem de Deus é o povo. A Bíblia diz: “Estai em mim, e eu em vós; como a vara de si mesmo não pode dar fruto, se não estiver na videira, assim também vós, se não estiverdes em mim.” (João 15.4).

Quando não estamos nEle, em Cristo, então somos como o forno aceso pelo padeiro, que cessa de mexer nas brasas… logo, logo irá se apagar ficando somente as cinzas. Quantos ministros precisam oxigenar os seus ministérios? Não se faz isso sem intimidade com Deus, sem ter uma vida de oração, sem meditar em Sua santa Palavra, e sem ser assíduo aos trabalhos. É preciso voltar a cuidar de vidas, para isso Deus os chamou. Mantenha a chama do Espírito Santo acesa em sua vida, não desanime.

Oséias, mesmo sabendo que sua mulher era infiel e que se restituía, ele permaneceu firme na presença de Deus. Oséias tinha temor ao Senhor. Ele não fez o mesmo que sua mulher fez. Ele não procurou outra mulher, como muitos fazem e convivem com mais de uma mulher e cuidam de mais de uma família. Oséias era íntegro e ama a Deus, tinha ele comunhão com o Senhor e por isso foi um vencedor.

O forno aceso pelo padeiro é um forno que não ficará quente por muito tempo. Meu amigo e irmão em Cristo se você não sente mais o fogo do Espírito Santo, então, há cinzas em suas brasas. Deixe Deus soprar as cinzas, as iniquidades, o pecado e você verá que sua vida irá acender novamente. Este é o fogo legítimo.