“Porque os judeus nas suas cidades, em todas as províncias do rei Assuero, se ajuntaram para por as mãos naqueles que procuravam o seu mal, e nenhum podia resistir-lhes porque o seu terror caiu sobre todos aqueles povos” (Ester 9.2).

Uma das grandes fúrias de todo inferno é saber que não pode vencer a igreja de Cristo, porque ela foi comprada com o precioso sangue do Cordeiro de Deus. Jesus, que vivo está, é quem a protege dia e noite e nada pode lhe resistir. A igreja do Unigênito do Pai, aqui na terra, é irresistível, e você e eu fazemos parte dela.

Lutar contra as potestades é uma tarefa da igreja e Tiago é bem claro ao dizer: “Resisti ao diabo e ele fugirá de vós”. Quem trava essa batalha, sabe perfeitamente que não poderá jamais se mostrar fraco no decorrer da peleja. “Somos fortes e já vencemos o maligno”, diz o evangelista João.

O cristão é irresistível, tal como os judeus nos dias de Mardoqueu e Ester, todavia, é preciso fazer a vontade do Pai. Neste caso, o Espírito Santo tudo faz para mantê-lo protegido de toda a investida do inimigo.

Os anjos celestiais, a serviço da igreja, passam a acompanhar o fiel cristão de modo a não permitir que Satanás lhe faça nenhum mal. Quem tem uma vida dedicada à obra de Deus e anda em Sua presença é irresistível sim, o Diabo não tem poder sobre ele, pois ele não lhe dá motivos e nem brechas para isso.

Jesus resistiu a toda a sorte de investida do inferno. A fome, o frio, o calor, a batalha travada no deserto, cara a cara com o rei das trevas, tempestades, e até mesmo a morte foram adversários de Cristo, a todos ele venceu, porém, foi o pecado da humanidade o grande opositor, o que o levou à morte de cruz, todavia aprouve a Deus ressuscitá-lo dos mortos e torná-lo o irresistível Filho de Deus.

Saiba ainda que, em Jesus Cristo, também, somos irresistíveis. Aleluia!

Não permita que sua resistência seja abalada. Não permita que suas forças sejam diminuídas, mas lute para ser um vitorioso em Cristo. A Palavra, a oração, o jejum, o envolvimento com a obra, os cultos, as ofertas, os dízimos, as atividades espirituais da igreja, enfim, são fatores que podem aumentar em muito a sua autoridade, o seu poder sobre o deus deste século, que tanto luta para nos destruir e tirar a nossa paz. Seja irresistível.