“E consideremo-nos uns aos outros, para nos estimularmos ao amor e às boas obras. ” (Hebreus 10.24).

 Há uma preocupação das autoridades com relação ao aumento do índice de criminalidade e roubo nas principais metrópoles de nosso país, mas o que isso significa? Como tudo isso vem acontecendo? As autoridades de segurança têm uma posição, os sociólogos outra, os responsáveis pelos direitos humanos outra, os poderes da República também, e no meio de tanta crueldade, olho para a Bíblia e acho escrito: “E, por se multiplicar a iniquidade, o amor de muitos esfriará.” (Mateus 24.12).

Ai está a resposta para tantos crimes, roubos, e roubos seguidos de latrocínios. Simplesmente a falta de amor. Quando o amor falta na vida de um homem e de uma mulher, a tendência é pecar. E por não ter amor em sua vida, então, um erro chamará outro erro e o caminho da perdição se abre, pois a porta é larga, disse Jesus Cristo.

Para o cristão ser um vitorioso em sua vida é preciso mais que tudo ser uma pessoa ponderada e de consideração. É preciso que ele estimule outras pessoas a exercitarem o amor, pois é o amor que nos une, que perdoa, que faz a pessoa ter temor ao Senhor. Se a pessoa não tem amor, logo, não terá temor a nada neste mundo e por isso é que começa a desrespeitar o seu semelhante, chegando até mesmo a matá-lo por pequenas coisas.

Um muito grave viver neste muito sem amar a Deus e ao seu semelhante. Dois mandamentos deixados por Cristo. Na vida cristã o amor deve está em primeiro lugar.