“Porque pela graça sois salvos, por meio da fé, e isto não vem de vós, é dom de Deus. Não vem das obras, para que ninguém se glorie” (Efésios 2.8,9).

A fé, diz o escritor aos Hebreus, “…é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não vêem” (Hb 11.1). Essa é a mais conhecida definição de fé na Bíblia. Por essa definição, compreendo que nenhum homem pode salvar-se a si mesmo. Somente Deus é capaz de salvar o homem, mediante os pilares da salvação: Justificação, Regeneração e Santificação.

A Bíblia é bem clara a esse respeito: “E em nenhum outro há salvação, porque também debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos. ” (Atos 4.12).

O homem anda perdido e procura nos lugares errados a salvação, a felicidade e a paz para sua alma, porém, não encontrará jamais. Quando ele procurar em Cristo, ai sim, encontrará a verdadeira alegria, a alegria completa e a perfeita salvação no Senhor Jesus Cristo. A Bíblia admoesta o homem a buscar ao Senhor: “Buscai ao Senhor enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto. Deixe o ímpio o seu caminho, e o homem maligno os seus pensamentos e se converta ao Senhor” (Isaías 55.6,7).

Quando o homem se arrepende dos seus pecados e se chega a Deus, então, começa aí os primeiros passos para a sua conversão. Através do Novo Nascimento ele adquire o caminho que lhe dará condições de se tornar um salvo em Cristo. Enquanto ele não nascer de novo, não poderá obter a maturidade cristã. Por isso, é importante o acompanhamento de todo aquele que aceita a Cristo como Salvador.

A fé que salva o homem é a fé na pessoa de Jesus Cristo. Este sim, é o autor e o consumador da Fé. Ele é também, o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo. Creia nEle e no mais Ele tudo fará. Aleluia!