“Esta, seguindo a Paulo e a nós, clamava, dizendo: Estes homens que nos anunciam o caminho da salvação são servos do Deus Altíssimo. ” (Atos 16.17).

Enquanto alguns cristãos não têm cuidado com aquilo que falam, e nem conseguem expressar lindas frases ao seu semelhante, capazes de edificar e valorizá-lo por aquilo que eles estão fazendo ou representam na sociedade, o homem tomado pelas possessões malignas é capaz de dizer algo que impressiona, e até mesmo comove àqueles que não têm o dom do discernimento de espíritos.

A moça da passagem em lide estava tremendamente possessa, porém, os demônios que a usavam para adivinhar a vida das pessoas é quem disse: “…estes homens que nos anunciam o caminho da salvação, são servos do Deus Altíssimo”. E tratava-se de uma verdade, todavia, Paulo ficou deveras perturbado com aquele procedimento e voltando-se para a moça, expulsou os demônios: “E isto fez ela por muitos dias. Mas Paulo, perturbado, voltou-se e disse ao espírito: Em nome de Jesus Cristo, te mando que saias dela. E, na mesma hora, saiu” (Atos 16.18).

Foi o dia mais triste para muitas pessoas que viviam escravizados por Satanás, que não iam para casa se não passassem ali e tivessem suas vidas reveladas por adivinhação. Como Satanás não fala a verdade, então, tudo era pura mentira.

Assim como aquelas pessoas, existe muita gente boa procurando se guiar por horóscopo, quiromancia, revelações através de cartas e búzios. Ali deixam fortunas e não conseguem a paz interior, a verdadeira felicidade, e nem têm seus problemas solucionados. São verdadeiros escravos, que dia após dia vão definhando e desvanecendo na vida espiritual.

Se você é um cristão fiel a Deus, então procure falar sempre a verdade e use palavras temperadas com sal. Jamais, use palavras de baixo calão e nem gírias perniciosas. Trate bem seu semelhante, seja ele crente em Jesus Cristo ou não.

Ao se referir ao seu cônjuge, filhos ou filhas, use sempre as melhores palavras, as mais impressionantes e edificantes frases existentes em seu vocabulário. Saiba uma coisa: nem sempre lindas palavras saem da boca de um justo, mas pode ser proferida por uma entidade demoníaca que usa a boca de alguém, como aconteceu no relato de Atos dezesseis. Temos que vigiar!