“Estai, pois, firmes, tendo cingidos os vossos lombos com a verdade, e vestida a couraça da justiça;” (Efésios 6.14).

Quantas batalhas são perdidas pelos crentes em Jesus Cristo diariamente. Muitos deles não se preocupam com essa questão da luta espiritual travada com o inferno, com o mundo e a própria carne. Levam a vida de qualquer maneira, sem atentar que ele está diante de uma guerra travada desde o dia em que aceitou a Jesus como seu Senhor e Salvador.

Dentre as armas que se deve usar para esse embate com o inferno está a verdade. A Bíblia diz que, conhecendo a verdade, ela é capaz de libertar o homem. Então, faz se necessário viver na verdade, falar a verdade e lutar por um caráter firme e verdadeiro. A justiça anda junto da verdade: “E a justiça será o cinto dos seus lombos, e a fidelidade o cinto dos seus rins. ” (Isaías 11.5).

Outra arma de poder chama-se a espada do Espírito Santo. Com Ela Jesus venceu Satanás no deserto após 40 dias e 40 noites em plena oração ao Pai. Paulo nos ensina que não podemos viver sem o capacete da salvação e muito menos a espada do Espírito que é a Palavra de Deus: “Tomai também o capacete da salvação, e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus. ” (Efésios 6.17).

É muito bom meditar e ler com frequência a Palavra de Deus, porém, é preciso, também, usar o escudo da fé, tão necessário para ser um vitorioso nessa batalha travada com as hostes infernais da maldade que habita nas regiões celestiais: “Tomando, sobretudo o escudo da fé, com o qual podereis apagar todos os dardos inflamados do maligno. ” (Efésios 6.16).

Outra arma infalível para se tornar um vitorioso em Cristo é o seu próprio testemunho. Não abra mão de evidenciar em sua vida o fruto do Espírito Santo e nem de falar sim, sim ou não, não. Faça de tudo para exercer sua fé em Cristo sem se contaminar com este mundo vil e pecador. Seja um exemplo de cristão. Amém!