em raios fúlgidos, Brilhou no céu da pátria nesse instante…”

 

“Bem-aventurada é a nação cujo Deus é o Senhor, e o povo ao qual escolheu para sua herança” (Salmos 33.12).

Esta meditando na Bíblia, atarefado nos meus afazeres diários, preparando o estudo desta última terça-feira, quando o Rafael meu neto canto parte do hino Nacional brasileiro, na sua inocência e sem saber direito todo o hino. E percebi que há beleza, há firmeza de propósito, há fé, esperança e muito amor na letra desse belo e exuberante hino.

É uma pena que muitos não valorizam os símbolos Nacionais, muito menos conhecem a sua história, ou reverenciam quando são cantados ou por nós passam à frente de uma tropa desfilando, como é o caso da bandeira nacional.

Hoje é um dia em que todos os brasileiros livres e em condições legais foram às urnas para exercerem o direito ao voto e, com sabedoria, sem olharem para a bandeira de partido político, e nem para as pesquisas eleitorais, multidões saíram às ruas com o coração alegre e cheio de esperança para ver o seu país deixar um legado de vergonha e dores, e crer que o Senhor irá abençoar os próximos governantes e legisladores desse imenso torrão.

É prazeroso quando podemos dizer como disse o salmista: “Bem-aventurada é a nação cujo Deus é o Senhor…” – tenho fé de que nossos filhos, e as gerações que despontam em sua infância hoje, um dia irão desfrutar da tranquilidade, da paz, da segurança, da exemplar educação, da perfeita saúde e a certeza de quem ao terminar os estudos o emprego será garantido.

Quando colocamos o nosso coração em Deus, e juntos louvamos ao Deus todo Poderoso, o Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, então, percebemos que as coisas são deveras proveitosas e o barco da vida rumará sempre ao porto seguro, onde haverá prosperidade em todos os sentidos, principalmente, no contexto espiritual de nossa caminhada cristã.

O sonho de todo brasileiro, pelo menos daqueles que têm a Cristo no coração é de que o sol da liberdade, em raios fúlgidos, verdadeiramente, brilhe em nosso céu anil, movendo a nossa nação, do pequeno ao grande, para juntos erguemos esse gigante país. Que as gerações que estão despontando possam se espelhar em homens e mulheres que saibam fazer política, que saibam exercer de forma correta suas atribuições governamentais, que saibam fazer leis que edifique a nossa nação e possa trazer a todos nós a segurança que almejamos, o ensino que clamamos, e a saúde que necessitados.

Conclamos a todos que não deixem de interceder pelo Brasil, e por todos aqueles que governam e fazem as leis de nosso país, sem esquecer um só dia, daqueles que têm a responsabilidade para julgar e fazer cumprir as leis.

Parabéns a todos que votaram hoje. Que o Senhor os abençoem ricamente. Amém!