“Pela fé caíram os muros de Jericó, sendo rodeados durante sete dias” (Hebreus 11.30).

O povo de Israel estava diante de um grande desafio, precisava entrar na terra prometida por Deus a seu Servo Abraão, porém, a cidade de Jericó era seu grande empecilho, pois ela tinha muros bem edificados.

Segundo dados históricos, a cidade de Jericó ocupava uma área de cerca de 32 km quadrados e os muros tinham cerca de 9,6 metros de espessura. Os moradores das redondezas consideravam Jericó invencível e para os habitantes ela era invencível por causa da proteção dos deuses cananeus.

O povo de Israel, sob a liderança de Josué ignoraram tudo isso e confiaram no Deus de Abraão, de Isaque e de Jacó e foram mais do que vencedores, pois os muros caíram e eles dominaram o povo cananeu e entraram na terra prometida debaixo do poder do Senhor Jeová. Tudo é possível ao que crer.

Para Deus não há nada impossível. O povo hebreu estava acostumado a ver Deus operar milagres. A liderança firme e sábia de Josué transmitia ao povo confiança. Josué obedeceu ao Senhor e os muros da cidade tiveram que vir abaixo, porquanto o Deus de Israel é tremendo e poderoso na guerra.

Para o povo a barreira eram os muros da cidade e depois a força do exército cananeu, porém, tudo foi facilmente dominado e destruído, porque o Senhor estava à frente de Seu povo.

E você, qual é o seu muro? A sua dificuldade, o seu problema? Nesse mundo globalizado em que vivemos, não são poucos os muros, ou seja, os obstáculos, que se erguem diante da Igreja de Cristo, a começar pelo muro da incredulidade. Parece que vivemos num mundo virtual, ninguém quer mais crer em milagres e no poder de Deus.

O desinteresse pelas coisas sagradas e pela obra de Deus em si, tem se constituído num grande muro na trajetória da Igreja. A vida em si tem sido difícil para aqueles que desejam levar uma vida de santificação. É preciso resgatar o amor por tudo o que se relaciona com Cristo e a Sua Igreja.