“Disse-lhe a mulher: Senhor dá-me dessa água, para que não mais tenha sede e não venha aqui tirá-la” (João 4.15).

Essa expressão em lide, a qual coloquei como título desta mensagem, foi proferida por um segurança do Museu do Holocausto quando estive ano passado em Washington,DC, por ocasião de minha visita ali a uma família amiga.

Eu, minha esposa, um casal amigo e a filha do pastor onde fiquei hospedado visitamos numa tarde o museu do holocausto de Washington,DC/EUA e antes de entrarmos no recinto passamos pela tradicional revista, uma marca registrada dos Norte Americanos, algo fantástico, seguro e necessário a segurança de todos que ali visitam o museu.

O pastor amigo, no momento em que passou pela máquina do raio-X foi detectado que ele levava uma garrafa em sua mochila. O segurança rapidamente perguntou-lhe: “Isso é água? – apontando para a garrafa que estava nas mãos do meu amigo pastor. Sim é água! Respondeu ele. “Então, beba-a!” – disse o jovem segurança com autoridade e firmeza de palavras. E meu amigo teve que beber o liquido da garrafa, mesmo sem vontade. Somente depois que ele a bebeu é que pudemos visitar as dependências do famigerado museu.

A mulher samaritana não conhecia Jesus Cristo, que se apresentou como sendo a “a água da vida”, todavia, depois dela ter experimentado no seu coração o poder das palavras do Mestre de Nazaré e ter “bebido”, pela fé da água oferecida por ele, provocando em seu coração paz e alegria, fez com que o gozo jorrasse de dentro de si e, também, alcançasse os moradores da cidade, pois ela saiu divulgando o milagre.

Ela sabia perfeitamente o significado das palavras de Jesus sobre “o nunca mais ter sede”: “Mas aquele que beber da água que eu lhe der nunca terá sede, porque a água que eu lhe der se fará nele uma fonte de água a jorrar para a vida eterna” (João 4.14). Depois daquele encontro a mulher alcançou paz, alegria e salvação para a sua vida.

“Isso é água? – Sim é água! “Então, beba-a!” – E você? Já tomou dessa água salutar, dessa água que salta para a vida eterna? Pois saiba que os que dela tomam alcançam vitórias para a caminhada nesta vida, garantindo assim a vitória sobre a morte no porvir. Esta água da vida é Cristo! Amém!