“E estenderei sobre Jerusalém o cordel de Samaria e o prumo da casa de Acabe; e limparei a Jerusalém, como quem limpa o prato, limpa-o e vira-o para baixo. ” (2 Reis 21.13).

Vez por outra, alguém reclama que a louça não está totalmente limpa, mas algum prato ou talher ficou engordurado e então, é hora de limpá-lo novamente.

O versículo em lide é de uma riqueza extraordinária: “…limpar o prato e virá-lo para baixo”. Que sabedoria exuberante, fantástica. A nossa vida é bem parecida com esse momento doméstico. Quando pedimos perdão e sentimos os nossos pecados serem apagados, perdoados por Deus, então, deve-se fazer um esforço para não pecar mais, ou seja, tal como um prato devemos ser virados para baixo, ou seja, ser mais humilde, deixar de lado a arrogância e aceitar a ajuda do Espírito Santo. Se o prato ficar virado para cima, e ainda mais molhado, é bem provável que acumule algum tipo de poeira, tão prejudicial à limpeza.

Deus através da simplicidade de Sua Palavra lhe adverte que é preciso você ser virado, ou melhor, começar uma nova vida, um novo capítulo em seu viver cristão. Se você já foi limpo ou passou novamente por uma limpeza e quer prosseguir uma vida de santificação, então você precisa ser virado, dando as costas para o mundo, para as coisas materiais e as concupiscências da carne. O Espírito Santo quer lhe usar de maneira extraordinária, porém, é preciso que você tome a posição de vaso consagrado, útil para uso de Cristo. Se você, por si só não consegue ser emborcado e consequentemente dar as costas para o mundo vil e pecador, então, é hora de buscar ajuda imediatamente. Há homens idôneos, diz a Bíblia, que poderão te ajudar.

Não deixe de agir enquanto Deus está te proporcionando reconciliação e restauração. O prumo está em suas mãos e não deixe que Ele coloque o cordel de Samaria sobre a tua vida. Limpa o prato e vire-o para baixo!