“Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo homem.” (1 Timóteo 2.5).

Outro dia ouvi alguém reclamando que não desfrutava das bênçãos divinas. Para ele Deus não estava nem ligando para ele, bem como não se preocupava com o que se passava com ele. O próprio jovem me disse que havia um espaço entre ele e Deus.

Se existe um espaço entre o homem e Deus, esse espaço deve ser logo preenchido pela pessoa de Jesus Cristo. Este é o único mediador capaz de preencher esse vazio, esta lacuna entre o homem e Deus.

O que faz com que esse espaço de fato aconteça entre o homem e Deus chama-se pecado. Quando a iniquidade é uma constante na vida da pessoa, então, o espaço entre ele e Deus irá aumentando, até o dia em que a sensação de abandono, de desprezo, de tristeza e angústia da alma, começam a importunar e, então, o homem murmura e culpa ao Senhor.

Só há uma maneira de encurtar essa lacuna e preenche-la com a pessoa de Cristo: arrependimento e pedido de perdão a Deus. Quando a pessoa assim procede, cria-se o desejo de aceitar a Cristo e servi-lo com amor. Não podemos jamais deixar que haja qualquer espaço entre nós e Deus. O homem, por se só não suporta viver longe de Deus, nem tão pouco deixar de lutar pelo seu, o paraíso perdido. É preciso diminuir esse espaço a “zero”, e a única maneira é aceitar Cristo como seu Salvador e a partir daí Ele será o seu mediador, entre você e Deus.