“Antes, crescei na graça e conhecimento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. A ele seja dada a glória, assim agora como no dia da eternidade. Amém!” (2 Pedro 3.18).

O apóstolo Paulo manda dar graças a Deus, pois Cristo é que nos carrega sempre, porquanto Ele é triunfante, vitorioso, e por isso nós também o somos e através de cada um crente Ele espalha por todas as partes o seu perfume, o cheiro do seu conhecimento: “Graças sejam dadas a Deus, que por Cristo nos carrega sempre em seu triunfo e, por nós, expande em toda parte o perfume do seu conhecimento.” (2 Co 2.14 A Bíblia de Jerusalém).

É visivelmente identificado aquele que é vencedor e o que não o é. O vencedor, mesmo que as lutas sejam grandes, ele está sempre batalhando e glorificando a Deus, a fim de que Deus o conceda a vitória. O vencedor sabe que Deus não lhe abandonará em momento algum de sua vida. Ele confia piamente na proteção e no socorro do Senhor: “Elevo os meus olhos para os montes: de onde me virá o socorro? O meu socorro vem do Senhor, que fez o céu e a terra. Não deixará vacilar o teu pé; aquele que te guarda não tosquenejará.” (Sl 121.1-3).

O homem derrotado em suas batalhas diárias, não goza de paz e nem da graça divinal, muito menos do conhecimento de Deus e da sabedoria que vem das mansões celestiais. Este é derrotado porque vive a sua vida praticando iniquidade e por isso não é alcançado pela graça do Senhor Jesus.

A pessoa distante de Deus é limitada em sua vida. Não consegue praticar a verdade, seu caráter não é bom e vive num caminho largo, cuja porta é larga e conduzirá os que nele trilham, a perdição eterna.

O vitorioso, anda por fé, vive uma vida de oração, de consagração e procura fazer a obra de Deus dentro de suas limitações, se esforça para exalar o bom cheiro do conhecimento de Cristo, e assim se transforma num ganhador de alma para o Reino dos céus. Crescer na graça e no conhecimento de Jesus, faz do crente um vencedor .