“Ouvindo, pois, Marta que Jesus vinha, saiu-lhe ao encontro; Maria, porém, ficou assentada em casa. Disse, pois, Marta a Jesus: Senhor, se tu estivesses aqui, meu irmão não teria morrido” (João 11.20,21).

Manter a fé viva num mundo globalizado é um exercício que requer disciplina e amor por aquele que morreu na cruz do calvário, Jesus Cristo o Filho de Deus.

Essa globalização tem afetado todos os setores da sociedade, principalmente, a comunicação, onde a face mais visível encontra-se na internet, a rede mundial de computadores, a qual tem se expandido dia após dia e por causa da insensatez do homem, a rede tem se tornado um perigo para muitas famílias, que aos poucos estão vendo seus filhos se afastando de Deus pelas muitas facilidades ligadas a promiscuidade e a diversão pecaminosa e atraente em forma de entretenimento.

Mesmo diante de tantos obstáculos, para se vencer na vida, é preciso manter a fé firme em Jesus Cristo. Há pessoas que, para conseguirem algum emprego, ou mesmo se manterem em algum cargo público ou privado, usam de subterfúgios, inventam mentiras, falsificam documentos, se vendem por qualquer oferta, enfim, querem as benesses desse mundo, em vez de pagarem um preço para manterem-se fiéis a Deus, e assim, firmarem-se na fé viva em Cristo Jesus.

Maria, irmã de Lázaro é um exemplo de quem soube guardar a fé, a qual cresceu ao receber o ensino maravilhoso e edificante de Jesus em sua casa. A Bíblia diz: “De sorte que a fé vem pelo ouvir, e o ouvir, pela Palavra de Deus” (Rm 10.17). Ela parou para ouvir o que Jesus lhe ensinava, sua irmã Marta não. A fé de Maria cresceu dentro de seu coração, de tal maneira que, ao saber que o Senhor estava em Betânia, não saiu-lhe ao encontro como sua irmão Marta, de maneira desesperada, porquanto, seu irmão Lázaro era morto e já transcorria quatro dias.

Marta poderia ter ignorado a presença de Jesus Cristo na Aldeia onde morava, porém, logo, que soube da presença de Jesus ali, correu ao seu encontro, Mesmo ocupada com as tarefas do lar, ela teve fé e escutou Jesus falar a sua irmã e aos seus discípulos em sua casa, quando seu irmão Lázaro estava vivo.

Mesmo sabendo que seu irmão estava morto, Marta, não se abalou na fé. Ela cria em Jesus Cristo como seu Senhor e Salvador. Ela só não sabia que Jesus podia ressuscitar um morto, mas curar uma pessoa enferma ela tinha plena convicção que Jesus podia fazer, pois sua fama corria por toda Judéia, Pereia e Galileia.

No diálogo que teve com Jesus, a fé de Marta era cada vez mais firme. E Jesus por saber que ela não conhecia o poder total de Cristo lhe disse: “Eu Sou a ressurreição e a vida, quem crer em mim, ainda que esteja morto viverá”. Ela creu e o resultado foi-lhe favorável, Jesus ressuscitou ao seu irmão Lázaro, para alegria da família e de todos os judeus amigos de Lázaro, Marta e Maria.

É maravilhoso quando o homem consegue manter a sua fé viva, mesmo diante das dificuldades dessa vida. A sua fé está viva em Cristo? “Sem fé é impossível agradar a Deus”.