“Porque noutro tempo éreis trevas, mas agora sois luz no Senhor; andai como filhos da luz.” (Efésios 5.8).

Os ensinos paulinos sempre me motivaram a buscar mais e mais o conhecimento bíblico e teológico. Eles são edificantes e promovem crescimento espiritual aqueles que se dedicam ao estudo da Palavra de Deus.

O apóstolo dos gentios, como era chamado Paulo, procurou ensinar de maneira clara e dentro de um padrão de conhecimento extraordinário. Ele em sua carreira ministerial fez de tudo para manter a sua luz brilhando e levou as igrejas da Ásia Menor e por onde ele passou a glorificar o nome de Jesus Cristo. Ele combateu o bom combate e ao termino da carreira a sua fé está de pé, logo, a luz estava mais acessa do que quando ele principiou no Evangelho.

Manter a luz acesa, o testemunho brilhando como um luzeiro e a fé firme como a rocha, não é coisa tão fácil nesses dias tenebrosos, onde uma grande maioria perdeu a noção de certo e errado, de verdade e mentira, de correto e incorreto, de moral e amoral. Para alguns o mundo não tem mais solução: ele jaz no maligno e pronto! Não tem como restaurá-lo.

Não podemos jamais desanimar e deixar de interceder ao Senhor pela humanidade sem Cristo. Em cada um salvo em Jesus há resplandecente nele a “estrela da manhã”, Cristo, o Salvador Eterno. Ele mesmo disse: “…: Eu sou a luz do mundo; quem me segue não andará em trevas, mas terá a luz da vida” (João 8.12).

Cada crente em particular é chamado de luz. Ora, se em Cristo está a glória do Pai, e Ele mesmo disse que somos a luz do mundo, então, é bom que cada cristão tome posse dessa promessa, pois somos filhos da luz, porquanto, basta tão somente crer nEle: “Enquanto tendes luz, crede na luz, para que sejais filhos da luz. Estas coisas, disse Jesus e, retirando-se, escondeu-se deles.” (João 12.36).

Deus quer que cada salvo ande na luz do Senhor. Ele é a luz dos homens. O Senhor deseja que cada um brilhe como astro no mundo. Não permita que a sua luz se apague por causa da negligência para com a Sua obra, por falta de oração e leitura ou meditação da Sua Palavra. É bom que a sua luz permaneça acesa durante todo o tempo, não necessita de ser apagada. Satanás faz de tudo para apagar a nossa chama, a nossa fé, a nossa luz, porém, Deus nos ajuda a mantê-la acesa mediante a ação do Espírito Santo na vida de cada um que crer em Jesus Cristo Seu Filho Unigênito.

Não se preocupe com o consumo de sua lâmpada. O combustível já está estabelecido: oração, jejum e meditação na Palavra de Deus. O mundo está lutando para economizar energia, aliás, a tarifa vem subindo com frequência nos últimos meses, porém, esta luz que consumimos em casa sobe de verdade e dói no bolso, mas a luz do testemunho do cristão não onera os cofres espirituais, contudo é preciso que o homem interior brilhe como a estrela da manhã. Paulo disse: “Para que sejam irrepreensíveis e sinceros filhos de Deus inculpáveis, no meio de uma geração corrompida e perversa, entre a qual resplandeceis como astros no mundo.” (Filipenses 2.15). A luz espiritual deve permanecer acesa, ela já foi paga na cruz, por Jesus. Pode mantê-la acesa, ela é gratuita!