“E então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniquidade.” (Mateus 7.23).

Não existe algo tão gratificante para o homem e a mulher de Deus do que ser reconhecido no céu, por toda a Trindade e as miríades de anjos. Ser reconhecido na terra muitas vezes é prazeroso, porém, ser identificado como filho de Deus pelo próprio Cristo é ainda mais glorioso.

O próprio Jesus é quem disse: “Pois que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro, se perder a sua alma? Ou que dará o homem em recompensa da sua alma?” (Mt 16.26). Há muita gente que faz de tudo para ser estrela no mundo. Arisca tudo para ser conhecido do público, por “status” vende a até a alma, porém, por não serem conhecidos no céu, acabam sacrificando a vida Eterna e um dia irão ouvir de Deus: “… Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniquidade.”. Isso é muito triste!

É melhor ser famoso no céu do que na terra. O homem tem a capacidade de colocar o outro no mais alto dos patamares do sucesso. Em Hollywood está repleto de pessoas que alcançaram o mais alto degrau da fama, porém, não alcançaram, ainda, a salvação da alma, não conhecem Jesus e muito menos do que Ele é capaz. Só conhecem o dinheiro, os vícios, a promiscuidade e a iniquidade, não sabem o que seja santidade, temor a Deus e pureza da alma. Caso não se entreguem a Cristo, terão que ouvir um dia: “E então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniquidade.” (Mt 7.23).

Ainda há tempo para se arrepender. Jesus Cristo está vivo e aguarda a sua decisão. Aleluia! Seja famoso no céu, pois é muito melhor do que ser estrela na terra.